facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1010 - Já nas bancas!
22/09/2017

Ordem de serviço para início das obras do Ginásio da Unicentro é assinada

A empresa contratada através de processo licitatório tem até 30 dias para iniciar a obra

Ordem de serviço para início das obras do Ginásio da Unicentro é assinada

Na tarde de sexta-feira (15) foi assinada a ordem de serviço para o início das obras do novo Ginásio de Esportes da Unicentro. O evento aconteceu no auditório Denise Stoklos na Unicentro.

O projeto do Ginásio de Esportes tem ao todo 2.940 m² de área construída, que contará com uma quadra poliesportiva, salas de aula, depósitos, banheiro públicos e vestiários para atletas, além de incluir acessibilidade em todo o projeto. A capacidade total de público será de 810 pessoas.

A construção do ginásio será feita em três etapas. Nesta primeira etapa foram liberados R$500.657,14, através do deputado federal Sandro Alex, que serão usados para fazer a estrutura de fundação da obra. O recurso será destinado especialmente para a construção de sapatas, alavancas e vigas baldrames, além dos pilares de cobertura e as vigas, pilares e lajes da arquibancada. Na segunda etapa será erguido o ginásio e na terceira etapa está previsto a realização de acabamentos na obra. A previsão é que tenha ao todo um recurso de R$ 3 milhões.

Segundo o reitor da Unicentro Aldo Nelson Bona, o recurso já havia sido destinado há algum tempo, mas diversos fatores fizeram com que a ordem de serviço demorasse a ser assinada. “Primeiro a liberação da autorização da universidade para que pudesse executar a obra e depois inúmeras tentativas de licitação desertas. Nós tivemos três processos licitatórios desertos, ou empresa inabilitada. Não conseguia contratar a obra até que por fim no quarto processo licitatório deu certo”, conta. A empresa responsável pela execução desta primeira etapa é a Proenerg Engenharia LTDA.

Com a assinatura da ordem de serviço, a empresa tem até 30 dias para iniciar a obra. Segundo Aldo, a previsão é que até o fim deste ano a primeira etapa já esteja pronta e que a obra seja finalizada completamente no início de 2019. Contudo, isso dependerá da liberação de recursos para desenvolver as etapas restantes. “Nós já estamos trabalhando com o auxílio do deputado Sandro Alex para a segunda etapa de recursos necessários para a execução da obra. Se a gente puder contar com a liberação regular dos recursos é possível o término do ginásio no primeiro semestre de 2019”, explica.

De acordo com o reitor, o ginásio ajudará os alunos do Curso de Educação Física, mas também será aberto ao público, através dos projetos de extensão universitária. “É uma estrutura elementar e fundamental para a formação de alunos do curso de Educação Física, mas, entretanto é aberto para todos os estudantes do campus e fundamentalmente acho que é um grande interesse nosso do pessoal de Educação Física, uma estrutura para servir a comunidade. Inúmeros projetos de extensão que a universidade desenvolve hoje no Batatão e em outros espaços no centro da cidade, continuará desenvolvendo nesses lugares, mas poderá desenvolver aqui também para atender a comunidade local, a comunidade do bairro Riozinho, de Engenheiro Gutierrez, então fundamentalmente esta é a perspectiva da extensão do atendimento à comunidade pela extensão universitária”, comentou.

O deputado federal Sandro Alex comentou os investimentos trazidos à universidade. Entre os investimentos estão recursos de R$ 3 milhões para a construção da biblioteca, R$500 mil para ampliação do Centro de Documentação e Memória da Universidade, além de investimentos de um milhão para a construção de bloco administrativo e de salas de aula. “Tenho o orgulho de ser o padrinho, de estar junto, e de ver agora isso se transformar em realidade. É necessária toda uma burocracia, mas nós estamos começando as obras, outras em andamento, e mais uma vez quero renovar o meu compromisso que tenho com a Unicentro”, disse.

O deputado também destacou que investir na universidade também ajuda no desenvolvimento regional. “A faculdade tem essa riqueza de empregar muita gente, de trazer alunos que vem do interior, que moram em Irati, ou seja, a cidade respira a universidade, a cidade respira um campus, então, eu acho que naquele momento eu deveria me dedicar a ajudar a Unicentro como deputado, e não tinha nenhum padrinho. A Unicentro, eu adotei, e também quando você ajuda a Unicentro, você ajuda Rebouças, Rio Azul, Mallet, Inácio, Teixeira, Fernandes”, disse.

O evento contou com a presença do prefeito de Irati Jorge Derbli, do diretor do Campus Unicentro Irati Afonso Figueiredo Filho, o assessor de Gabinete do prefeito, Paulo Secco, o secretário de Esporte e Lazer de Irati, Antonio Celso de Souza e o secretário de Comunicação, Wilson Pedroso.

Texto: Karin Franco/Hoje Centro Sul

Fotos: Silmara Andrade/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos