facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 998 - Já nas bancas!
18/09/2017

Em Irati escolas municipais ganham benfeitorias

Em Irati escolas municipais ganham benfeitorias

A Secretaria de Educação em Irati trabalhou os primeiros meses deste ano efetuando levantamento das prioridades constatadas nas estruturas físicas de escolas municipais.

Muitos espaços passaram por reformas gerais e outros ainda serão atendidos visando oferecer as melhores condições possíveis aos alunos, professores e funcionários. Algumas escolas aguardavam as benfeitorias há vários anos e corriam risco de comprometimento de móveis e equipamentos em função de goteiras e infiltrações.

Todas as providências foram efetuadas exclusivamente com recursos financeiros municipais.

Francisco Vieira de Araújo

A Escola Municipal Francisco Vieira de Araújo recebeu algumas melhorias no primeiro semestre deste ano. Já no ano passado, com recursos próprios da APMF, a escola reformou um espaço para criar uma sala de arte. Contudo, devido ao desnível do telhado e do piso,acabava entrando água nesta sala.

Este ano,após relato dos problemas à Secretaria Municipal de Educação, foi corrigido o desnível, refeito todo o telhado e os escoamentos de água pluvial, e substituído o forro de PVC. Também o telhado da cozinha, que apresentava goteiras,teve as telhas trocadas por placas de zinco e recebeu manta térmica.

Em três salas de aula, os tacos do piso, que estavam soltando e já eram muito antigos, foram substituídos por cerâmica. Também foram efetuados reparos na rede elétrica.

Padre Wenceslau

A Escola Municipal Padre Wenceslau também recebeu reformas em seu prédio, ao longo do primeiro semestre de 2017, através de reivindicações levantadas pela APMF.

A primeira providência foi a troca dos tacos que revestiam os pisos das salas por material cerâmico. Além de mais seguro e de melhor aspecto, este piso facilita a limpeza e reduz custo com materiais.

O piso antigo estava solto, e poderia representar risco, pois a escola recebe alunos de quatro anos a mais de 70 anos de idade em Educação Infantil, Ensino Fundamental e EJA.

Para solucionar problemas de goteiras, foram trocadas telhas e corrigidas falhas do telhado que serviam de alojamento e proliferação de pombos.

Na quadra esportiva foi feita a pintura das linhas demarcadoras das diferentes modalidades esportivas, que estavam apagadas e dificultavam o aprendizado das regras dos esportes.

Também na área externa foi corrigida a canalização da água da chuva, que escoava no sentido da entrada do estabelecimento.

Ana Amaral Gruber

A Escola Municipal Ana Amaral Gruber, nos seis primeiros meses deste ano, ganhou reformas na cozinha, que foi ampliada, e um banheiro adaptado com acessibilidade, além de sanitários adequados para a Educação Infantil que a escola atende juntamente com a Educação Fundamental 1. Sala de aula e de administração passaram por reforma.

A ampliação, em tijolos, construída em 2007, foi revestida com cimento e ganhou pintura. No lugar de uma janela foi colocada porta de vidro, dando acesso à secretaria da escola.

Promoção feita pela própria escola reverteu em recursos para adquirir arquivos sob medida, pratos, canecas, e demais utensílios para a cozinha escolar.

Outras escolas

No mesmo período, outros estabelecimentos educacionais do município foram beneficiados com reformas e melhorias em sua estrutura.

Na escola José Siqueira Rosas foi feita a reconstrução do muro de divisas e reparos nas calçadas.

A escola Mercedes Braga ganhou restauro da cobertura da quadra, instalação de portões e reparos elétricos. Na escola do Riozinho foram efetuados reparos na cobertura e rede de esgoto. A Escola Francisco Stroparo ganhou a instalação de corrimão e a Escola Luiza Rosa Zarpellon Pinto passou por reparos na rede de esgoto.

Também os CMEIS Planalto e Francisco Stroparo foram atendidos com substituição da cobertura e reparos elétricos em ambos os prédios. Além disso, o primeiro teve substituição de vidros, e o segundo ganhou reparos na rede hidráulica.

Reivindicação da comunidade de Itapará, a ampliação da escola daquele distrito continua avançando e terá condições de atender o período escolar de 2018, resolvendo em definitivo o problema de aulas em barracão improvisado e sem as condições ideais.

Texto/Foto: Assessoria PMI

Galeria de Fotos