facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 997 - Já nas bancas!
07/08/2017

Estudantes do Amazonas encerram atividades no campus Irati

Edital da Abruem possibilitou mobilidade dos estudantes que ficaram em Irati por seis meses

Estudantes do Amazonas encerram atividades no campus Irati

O final de um semestre letivo, além de um momento de descanso e reflexão sobre o desempenho acadêmico, para muitos alunos também significa o fim de um ciclo. É o caso das amazonenses, estudantes de Engenharia Florestal, Raissa Mota e Rubia Ribeiro. Depois de seis meses de mobilidade nacional no campus de Irati da Unicentro pelo programa da Abruem (Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais), elas retornam à sua instituição de origem, a Universidade Estadual do Amazonas.

Segundo Rubia, o que as motivou a fazer a mobilidade foi a qualidade da formação oferecida pela Unicentro e, também, a experiência de vida. “Venho de uma instituição que tem sérios problemas de estrutura e qualidade de ensino. Por isso, optei por esse deslocamento, para ter uma melhora na minha formação”, comenta.

Ações de intercâmbio acadêmico são comuns para universitários. Entretanto, a mobilidade nacional ainda é pouco conhecida e praticada. O Escritório de Relações Internacionais (ERI) da Unicentro é o setor responsável pelas mobilidades nacional e internacional presta todo apoio aos alunos interessados no intercâmbio entre universidades, tanto dentro quanto fora do país.

A assessora do ERI Carolina Filipaki Carvalho comenta sobre o que o aluno deve fazer caso deseje realizar uma mobilidade no país. “O estudante tem que,  estar atento aos editais que as universidades abrem, ofertando vagas. Outro caminho é entrar em contato direto com a universidade para onde deseja ir e, com o apoio do ERI, traçar uma estratégia para que isso se torne realidade”, explica.

O vice-diretor do campus de Irati, professor Erivelton Fontana de Laat, comenta que a Unicentro está de portas abertas para quem deseja fazer o deslocamento nacional e destaca a experiência nesses meses que será importante para as meninas no retorno ao Amazonas.

Texto/Fotos: Assessoria Unicentro

Galeria de Fotos