facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1003 - Já nas bancas!
05/06/2017

Política em Questão - Por Letícia Torres e Ciro Ivatiuk

Política em Questão - Por Letícia Torres e Ciro Ivatiuk

Câmara de Irati  presta homenagem à Ordem Franciscana

Uma Moção de Aplausos foi entregue pela Câmara Municipal de Irati à Fraternidade São Leopoldo Mandic - Ordem Franciscana Secular e Juventude Franciscana de Irati. O ato ocorreu em Sessão Solene, realizada logo após a Sessão Ordinária do Legislativo, na noite de segunda-feira (29).  A homenagem foi proposta pelos vereadores Roni Surek e José Bodnar  para enaltecer o trabalho de evangelização desenvolvido pelos integrantes da Ordem Franciscana, além das ações sociais e ambientais realizadas. “Estamos emocionados com este reconhecimento. São 36 anos de história da Capela São Francisco, construída com muita luta e dedicação”, destacou o representante da Ordem Franciscana Vanderlei Kawa. Ele também presenteou os vereadores com uma imagem e um livro que conta a história de São Francisco de Assis, patrono da Ordem e Padroeiro da Ecologia. Em Irati, a Ordem Franciscana teve sua fundação idealizada e iniciada pelo Frei Jaime Manfrin, Capuchinho, Pároco durante sete anos na Igreja Matriz Nossa Senhora da Luz, em 12 de fevereiro de 1984.

Bombeiros em Prudentópolis

Nesta sexta-feira (02), acontece a inauguração da Seção de Bombeiros em Prudentópolis. Com isso, a população do município terá melhoria no atendimento às situações que demandam o trabalho do Corpo de Bombeiros. A solenidade será às 10h30, na sede da Seção de Bombeiros, localizada na rua Prefeito Afonso Dietzel esquina com a rua Conselheiro Rui Barbosa. Autoridades civis e militares devem participar da inauguração.

ISS no Paraná

Com a mudança nas regras do Imposto Sobre Serviços (ISS), aprovada pela Câmara e pelo Senado nesta semana, a cobrança do imposto passa a ser feita na sede do município onde o serviço é consumido, ou seja, onde ele ocorre. De acordo com o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, com a aplicação das novas regras, os municípios  do Paraná receberão um valor anual de R$ 344 milhões.

Mais policiais civis

A Polícia Civil do Paraná formou 118 policiais civis na manhã desta quarta-feira (31). Receberam o certificado de conclusão de curso 115 investigadores, um delegado, um escrivão e um papiloscopista.“São profissionais da área de segurança cujos municípios estão precisando. São demandas constantemente apresentadas pelos prefeitos e que começarão a ser atendidas, conforme as portarias forem saindo”, explicou o secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, deputado Artagão Júnior. “Estamos atentos e vamos continuar trabalhando para que os municípios recebam esses policiais”, reforçou, enfatizando a parceria que mantém com prefeitos de vários municípios da região Centro Sul. Uma nova turma, com 120 policiais deverá iniciar o curso preparatório no próximo dia 12.

Caixa preta

Está em tramitação na Câmara Federal, em Brasília, o Projeto de Lei (PL) 7709/17, do deputado Sandro Alex, que pretende obrigar sindicatos de todo país a tornar públicas suas arrecadações e despesas. “Essas instituições movimentam um número elevadíssimo de recursos provenientes de arrecadação privada e de repasses públicos, sobre os quais não são obrigados a prestar contas, ou seja, não são fiscalizados”, justificou o parlamentar. Pelo projeto, no site das entidades sindicais deverá valor total das despesas anuais e mensais; tudo que for arrecadado mensalmente e anualmente por contribuição dos associados sindicalizados e não sindicalizados; valor arrecadado dos convênios; o número total de funcionários; remuneração mensal de todos os funcionários; quantidade de imóveis; dentre outras informações.