facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 991 - Já nas bancas!
02/06/2017

Política em Questão - Por Letícia Torres e Ciro Ivatiuk

Política em Questão - Por Letícia Torres e Ciro Ivatiuk

Saneamento melhor

O governador Beto Richa confirmou, em evento realizado em Ponta Grossa no último dia 25,  a aplicação de R$240 milhões para ampliação nos sistemas de abastecimento de água e de esgoto em 33 municípios dos Campos Gerais, Centro e Centro Sul. Dentre eles, Imbituva, Irati, Palmeira, Paula Freitas, São Mateus do Sul, Teixeira Soares e União da Vitória. Em Irati, a ampliação no sistema de abastecimento vai ajudar a resolver um antigo problema, que é a falta de água em alguns bairros. No Paraná, esses R$240 milhões integram um investimento total de R$ 1,5 bilhão para obras de saneamento.

Recursos para a saúde

Teixeira Soares foi um dos municípios que recebeu, nesta segunda-feira (29) recursos estaduais para  fortalecer o atendimento à saúde, destinados à compra de veículos ou equipamentos. Os recursos, liberados com apoio do apoio do deputado estadual  Bernardo Ribas Carli, tiveram autorização de repasse recebida pelo prefeito Lula Thomaz e pela vice Juliana Belinoski.  

Pronunciamento

Depois de muito tempo, a população de Irati pôde ouvir a voz do vereador Wilson Karas durante uma sessão da Câmara Municipal. Wilson Karas, que quase nunca fala, se pronunciou  e justificou seu voto favorável ao recebimento da denúncia contra ele mesmo. O vereador  disse que quer ter a chance de se defender da denúncia de possível “incompatibilidade negocial” e afirmou ser inocente.

Presença feminina

Depois vários anos, uma mulher voltou a ocupar, mesmo que apenas momentaneamente, o cargo de vereadora em Irati. Genilse Aparecida Holtman, terceira suplente do vereador  Nivaldo Bartoski assumiu para votar a denúncia contra Wilson Karas. Como integrante da mesa diretora, Bartoski não podia votar. Vários vereadores enalteceram a presença feminina no Legislativo. 

Vereadores participam de audiência

A maioria dos vereadores da Câmara de Irati participou das discussões sobre o Plano Municipal de Educação. Ocorreu uma Audiência Pública na quinta-feira (25) para apresentação, avaliação e monitoramento das metas e estratégias do Plano e estiveram presentes os vereadores Marcelo Rodrigues, Alberto Schereda, José Bodnar, Edson Luís Elias e Rogério Luís Kuhn.

Obras na igreja de Prudentópolis

A discussão sobre obras na Igreja Matriz São Josafat, tombada como Patrimônio Artístico e Cultural do Paraná, motivou o secretário de estado da Cultura, João Luiz Fiani, a visitar Prudentópolis na sexta-feira (26). Ele foi recebido pelo prefeito Adelmo  Luiz Klosowski, pela secretária de Cultura, Nadir Vozivoda e pelo vereador, Anderson Alexandre Lemos.

Eleição direta

As eleições diretas ainda este ano, que têm sido pedidas por manifestantes contrários ao governo Temer, trariam dificuldades para os municípios. Isso porque o período eleitoral trava o andamento de novos convênios e o repasse de verbas para convênios existentes. Os atuais prefeitos, que já têm encontrado dificuldades para a tramitação de projetos em Brasília devido à crise política, teriam dois anos sem qualquer possibilidade de recursos federais caso fosse levado em consideração o pedido de mudar a Constituição para que seja feita eleição para presidente, considerando a hipótese de Temer ser afastado do cargo devido às delações dos diretores da JBS.