facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1010 - Já nas bancas!
26/05/2017

Escolas de Irati recebem recursos do Escola 1000

Escolas de Irati recebem recursos do Escola 1000

Na manhã desta terça-feira (23) foram realizadas as cerimônias de entregas de recursos do programa “Escolas 1000” no Colégio Estadual João de Mattos Pessôa e no Colégio Florestal de Irati. Cada escola recebeu R$ 100 mil. Os recursos fazem parte do programa do Governo do Estado do Paraná que oferece R$ 100 milhões para mil escolas da rede pública estadual realizarem obras de reformas e melhorias.

De acordo com a chefe do Núcleo Regional de Educação, Marisa Massa Lucas, são 46 escolas contempladas na região. “O projeto vem ao encontro de necessidades das escolas, reivindicações. As escolas precisam arrumar os banheiros, precisam arrumar o telhado, fazem as melhorias com dificuldade, não têm condições financeiras de arrumar tudo e agora com esse recurso, 46 escolas vão estar em melhor condição”, conta.

Segundo a diretora do Colégio Estadual João de Mattos Pessôa, Marilisa Andrade Hamad, os recursos deverão ser usados para adaptar uma sala e transformar em laboratório. “Nós ficamos muito felizes, porque já temos há tempos o Ensino Médio e nós não temos o laboratório de ciências, física e química. Então, será uma sala adaptada, porque não pode ter construção. Iremos adaptar uma sala para ter um laboratório de ciências, física e química, com certeza melhorando a aprendizagem dos alunos”, disse. Ela ainda destacou que outras reformas pontuais deverão ser realizadas como a troca de caixas d’água e reforma do prédio, com melhoramento das janelas e das instalações elétricas.

A diretora geral do Colégio Florestal de Irati, Mariane Pibrin Gemin, destacou que os recursos servirão para melhorar a rede elétrica que foi prejudicada após um raio atingir a escola. “A comunidade escolar no ano passado se reuniu junto às instâncias colegiadas e é unânime a necessidade de reparos na infraestrutura elétrica do colégio. Isso veio mais a culminar com uma notícia triste que tivemos no mês de março, de que houve a incidência de um raio aqui na escola, aonde complicou e deteriorou ainda mais nossas instalações elétricas. Então, nesse momento o provimento da Escola 1000 com a liberação de serviço para que sejam feitos reparos na rede elétrica e estrutural do colégio, vem de encontro com uma necessidade antiga e muito importante para nós”, disse.

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Fotos: Silmara Andrade/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos