facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 997 - Já nas bancas!
15/05/2017

Alimentos e Circulação Sanguínea: o que você precisa saber

Alimentos e Circulação Sanguínea: o que você precisa saber

Alguns problemas de circulação estão diretamente relacionados aos nossos hábitos de vida e a boa alimentação é a base para uma vida saudável. A nutricionista da Angiolife, Priscilla Salgado Santos Lima, destaca algumas informações importantes sobre alimentos e circulação sanguínea que você precisa saber.

Problemas de circulação e alimentação

Os problemas da circulação arterial estão relacionados ao acúmulo de gordura na parede das artérias, então a principal recomendação é diminuir a ingestão de gorduras ruins, como o colesterol presente em alimentos de origem animal, gordura saturada presente nas carnes gordurosas, laticínios integrais, bacon, embutidos, banha de porco, frituras e as gorduras trans presentes em todos os alimentos que contém gordura hidrogenada como biscoitos, bolachas, bolos prontos, sorvetes, congelados pré-fritos os chamados nuggets e margarinas.

Esse tipo de gordura é extremamente prejudicial ao organismo e seu consumo está diretamente relacionado a problemas cardiovasculares.

Colesterol bom

Deixando essas gorduras de lado, devemos aumentar o consumo das gorduras boas, que aumentam o HDL – colesterol, o bom colesterol e diminuem a formação das placas de gordura dentro das artérias.

Essas gorduras boas são os óleos vegetais, como o azeite de oliva, o óleo de milho, as castanhas, como nozes, amêndoas, castanha de caju, castanha do Pará, sementes de linhaça e abóbora e a gordura do abacate e alguns peixes.

Fator genético

Para as doenças da circulação venosa, o fator genético é determinante e os hábitos alimentares não têm relação direta, porém sabemos que o aumento do peso corporal e a constipação intestinal podem desencadear aparecimento das varizes nas pessoas com tendência.

Hábitos saudáveis

Mais uma vez não há mágica e sim a manutenção da alimentação saudável, com alimentos frescos, frutas, verduras, legumes, cereais integrais, castanhas, carnes magras, peixes, associada ao consumo de água e a prática de exercícios. Uma boa avaliação e recomendação desse consumo podem ser feitas pela nutricionista da Angiolife.

Texto/Foto: Assessoria Angiolife