facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1012 - Já nas bancas!
20/02/2017

Caixa Econômica abrirá neste sábado para tirar dúvidas sobre FGTS

O banco planeja abrir agências uma vez ao mês durante os sábados para atender o público e, a partir de março, será possível o saque também neste dia da semana

Caixa Econômica abrirá neste sábado para tirar dúvidas sobre FGTS

Desde quarta-feira (15) a agência da Caixa Econômica Federal em Irati tem aberto as portas duas horas mais cedo para que trabalhadores tirem dúvidas em relação ao pagamento das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O horário especial é válido para todas as agências da Caixa.

Neste sábado (18), o banco terá atendimento em todas as agências brasileiras das 9h às 15h.Segundo agerente regional da Superintendência dos Campos Gerais/PR, Rosângela Tavares Bach, este sábado será utilizado para oferecer informações para o trabalhador, contudo a partir do dia 10 de março a Caixa também abrirá todo o primeiro sábado do mês (exceto abril), possibilitando o saque neste dia. “Este sábado [18] é para tirar dúvidas, a partir de março, no sábado seguinte à liberação do calendário, nós vamos abrir também ejá teremos possibilidade de fazer pagamento”, conta.

O pagamento das contas inativas do FGTS foi autorizado por meio da Medida Provisória 763/2016, que permitiu que trabalhadores que tenham pedido demissão ou que foram demitidos por justa causa até 31 de dezembro de 2015, possam sacar o saldo das contas inativas.

Cerca de 2 milhões e 400 mil trabalhadores terão direito ao saque das contas inativas no Paraná. Ao todo, o saldo disponível é de R$ 3 bilhões. No Brasil, a medida deverá afetar 30,2 milhões de trabalhadores, que serão beneficiados com um saldo de R$ 43,6 bilhões. A expectativa é que sejam injetados R$ 30 bilhões na economia brasileira.

No início da semana, o Governo Federal e a Caixa divulgaram um cronograma de pagamentos que levará em conta o aniversário do trabalhador. Os pagamentos deverão ocorrer entre o dia 10 de março a 31 de julho. “O calendário vai iniciar no dia 10 de março. As pessoas vão ter até o dia 31 de julho para fazer saque a partir do dia 10, de acordo com o nascimento. Se não tiver saque até 31 de julho, os valores que não foram sacados, vão permanecer na conta do Fundo de Garantia do Trabalhador e somente poderão ser sacados depois pelos motivos que são previstos na legislação atual que são aposentadoria, por inatividade por mais de três anos fora do sistema do fundo de garantia,utilização para moradia ou determinadas doenças previstas em Lei, mas ela volta pra conta do trabalhador”, alerta.

Pagamentos

Quem possuir conta poupança individual na Caixa receberá o pagamento automaticamente, sem precisar autorizar. “A Caixa vai fazer o cruzamento do CPF e o crédito vai ser automático”, explica Rosângela.

Já quem possuir conta corrente terá que fazer o pedido pelo site do banco (www.caixa.gov.br/contasinativas) ou pelo telesserviço(0800 726 2017) para que o pagamente caia em sua conta.“A conta poupança conjunta, que é com mais de um titular, ou a conta corrente, é necessário que o trabalhador autorize no site da Caixa o crédito na conta”, disse a gerente.

O saque do benefício também dependerá do valor do pagamento. Quem possuir saldo até R$1,5 mil poderá sacar o valor no autoatendimento da Caixa apenas com senha do Cartão do Cidadão (sem a necessidade do plástico). Já quem receberá valores entre R$1,5 mil e R$ 3 mil terá que portar o Cartão do Cidadão e senha para pagamentos no autoatendimento.

Quem tem até R$3mil para receber também poderá ir a um Correspondente Caixa Aqui ou em Unidades Lotéricas para sacar. Para isso será necessário apresentar o documento de identificação do trabalhador, Cartão do Cidadão e a respectiva senha.

Quem possuir um saldo de mais de R$ 3mil só poderá sacar nas agências da Caixa. Valores acima de R$ 10 mil poderão ser sacados apenas com a apresentação da carteira de trabalho ou documento que comprove a extinção do vínculo do trabalho.

Cartão Cidadão

Para realizar alguns saques em autoatendimento e nas lotéricas o trabalhador precisa do Cartão Cidadão. Caso o trabalhador não tenha, é possível pedir pelo telefone 0800 726 2017. A previsão de chegada do cartão é de 30 dias.

No caso do trabalhador esquecer a senha, através do 0800 também é possível fazer uma nova.

No entanto, o fato de não ter o Cartão Cidadão ou não ter a senha não é impedimento para o saque, segundo a gerente regional. Isso porque o trabalhador pode ir diretamente no guichê de atendimento das agências para receber seu pagamento. “Se estou tendo dificuldade com o cartão eu posso, em uma agência daCaixa,fazer o saque”, orienta. É importante que o trabalhador leve algum documento de identificação para realizar o atendimento.

Dúvidas

A orientação da Caixa é que o trabalhador busque primeiramente orientações através do site especial www.caixa.gov.br/contasinativas. Após isso, é indicado ir presencialmente a uma das agências da Caixa

No caso de pessoas sem acesso à internet, a indicação é que procure o atendimento através do telefone. “Nós temosum telesserviço que é o 0800 726 2017, ele recebe inclusive ligações de telefones públicos. Então a pessoa liga, ele presta uma série de informações por telefone. Se ele continuar com dúvidas ele pode ir numa das agências da Caixa, as agências estão com equipe preparada para efetuar o atendimento presencial e tirar dúvidas que ele tiver, que ainda possa ter”, explica a gerente regional. É importante que a pessoa tenha em mãos os números do CPF e do PIS, além da data de nascimento para o atendimento pelo telefone.

Rosângela ainda aconselha que os trabalhadores tentem esclarecer suas dúvidas durante o mês do calendário de pagamento divulgado. “Que o trabalhador busque as orientações durante o calendário de pagamento de acordo do nascimento”, disse. O objetivo é que isso possa ajudar com que as agências não fiquem tão tumultuadas.

Dúvidas

Quem poderá sacar? Pessoas que pediram demissão ou foram demitidas por justa causa até 31 de dezembro de 2015.

Como posso saber se vou receber? O trabalhador pode acessar o site exclusivo da Caixa pela internet (www.caixa.gov.br/contasinativas) para descobrir se há saldo a receber. É necessário estar com o número do NIS (PIS) para verificar o saldo.

Outro meio é o aplicativo do FGTS no celular que poderá ser baixado. Também é necessário estar com o NIS (PIS) para verificar o saldo.

Também é possível telefonar para o número 0800 726 2017. É necessário estar com o CPF e o número do PIS/PASEP (NIS) em mãos.

Dúvidas também poderão ser tiradas nas agências da Caixa, mas é aconselhável estar com documentos pessoais e carteira de trabalho para agilizar o atendimento.

Recebi no celular um link de aviso sobre o saque de FGTS. É verdadeiro? Cuidado, poismensagens de celular, WhatsApp e em e-mails poderão ser golpes. As informações confiáveis estão sendo divulgadas apenas nos canais oficiais e na imprensa. Para ter certeza, consulte apenas os canais oficiais de informação da Caixa Econômica Federal.

Tenho saldo de conta inativa para receber. Como vai ser o pagamento?

Quem tiver até R$1,5 mil – poderá sacar no autoatendimento da Caixa apenas com a senha do Cartão Cidadão

Quem tiver até R$ 3 mil – poderá sacar no autoatendimento da Caixa com o Cartão Cidadão e a senha. Também poderá sacar no Correspondente Caixa Aqui ou em Unidades Lotéricas tendo documento de identificação do trabalhador, Cartão do Cidadão e a respectiva senha.

Quem tiver mais de R$ 3 mil – poderá sacar apenas nas agências da Caixa.

Quem tiver mais de R$ 10 mil – poderá sacar nas agências da Caixa, apresentando a carteira de trabalho ou documento que comprove a extinção do vínculo do trabalho.

Qualquer valor poderá ser retirado no guichê da Caixa mediante documento de identificação.

Se não sacar até 31 de julho, perco o dinheiro? Não. O crédito continuará na conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) do trabalhador. No entanto, depois desse período ele só poderá sacar o valor em caso de aposentadoria, caso permaneça três anos fora do Regime do FGTS, utilização para moradia ou determinadas doenças previstas em lei.

Onde conseguir mais informações?

No site www.caixa.gov.br/contasinativas, pelo telefone 0800 726 2017 ou pessoalmente nas agências da Caixa. Ao ir pessoalmente, leve documentos pessoais e a carteira de trabalho para agilizar o atendimento em caso de dúvidas, independentemente do valor. Tanto pela internet ou pelo telefone é necessário estar com o número do PIS e CPF.

Texto: Karin Franco, com informações de assessoria

Foto: Karin Franco/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos