facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 955 - Já nas bancas!
06/02/2017

Estado convoca mais 339 professores e 163 PMs

Estado convoca mais 339 professores e 163 PMs

O governador Beto Richa autorizou na última terça-feira (31) a convocação de mais 339 professores para a rede estadual de ensino. Eles foram aprovados em concurso público realizado em 2013. O governador também autorizou a convocação 163 policiais militares, suplentes do concurso público realizado em 2012. 
“A convocação de novos professores e policiais segue as nossas diretrizes de governo para 2017, de melhorar cada vez mais a qualidade do ensino em sala de aula e de aprimorar o combate à violência, reforçando os quadros da polícia", disse Richa. “É mais uma clara demonstração da boa situação do Paraná, que colhe os resultados das medidas do ajuste fiscal e pode reforçar o quadro de servidores para serviços essenciais à população”, afirmou. 
Ele lembrou que em janeiro o Governo do Estado realizou a formatura de quase 3 mil novos soldados da Polícia Militar, que já reforçam o contingente em todas as regiões. Também mencionou a política de valorização do servidor, destacando a implantação de promoções e progressões, a partir da folha de janeiro. Só para profissionais da Educação são aproximadamente 75 mil benefícios. 

Educação

Aprovados no concurso público número 017/2013, os 339 professores convocados passarão agora por avaliação médica e irão compor o Quadro Próprio do Magistério (QPM) da Secretaria de Estado da Educação. A convocação seguirá a ordem classificatória do concurso. 
A secretária estadual da Educação, professora Ana Seres, destaca que a decisão de chamar os remanescentes contribui para valorizar o quadro próprio de professores da rede estadual, que tem 2,1 mil escolas. “É um ganho para a educação do Paraná”, afirmou 
a secretária. Em abril de 2016, o governador já havia nomeado outros 296 novos professores da rede pública estadual, remanescentes do mesmo concurso público. A educação concentra a maior parte do funcionalismo do Estado, com mais de cem mil pessoas, entre professores e funcionários. As aulas na rede pública começam dia 15 de fevereiro. 

Segurança

Os 163 policiais militares convocados pelo Governo do Estado são suplentes do concurso de 2012 e iniciarão, nas próximas semanas, o Curso de Formação de Soldados, que dura em torno de um ano. Além de disciplinas teóricas e práticas, os soldados passarão por um período de estágio supervisionado com policiais mais experientes, para então iniciarem o policiamento nas ruas. 
Eles irão suprir as vagas do concurso de 2012 que ficaram em aberto – casos em que o candidato foi convocado, mas não chegou a completar o curso de formação.
“Com o chamamento destes 163 candidatos, que já concluíram todas as etapas do concurso, vamos conseguir fechar o número de policiais para o qual foi aberto o concurso. Fizemos o chamamento de 5.264, mas tivemos reprovações e desistências. Como temos vaga em aberto há a necessidade de ampliar o chamamento para fechá-las", explica o comandante-geral em exercício, Coronel Arildo Luis Dias. "Estes já cumpriram todas as etapas do concurso e estão aptos para serem chamados, esperando apenas para entregar a documentação", completa Arildo.

Texto: Agência Estadual

Foto: Arquivo/Hoje Centro Sul