facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 969 - Já nas bancas!
27/01/2017

Prefeita de Fernandes Pinheiro inicia gestão atendendo o setor agrícola

Prefeita de Fernandes Pinheiro inicia gestão atendendo o setor agrícola

Em Fernandes Pinheiro, a prefeita Cleonice Schuck e o vice Fábio Jacomeltêm destinado atenção especial ao setor agropecuário neste início de governo. A prefeita destaca que o município é essencialmente agrícola e que, por isso, sua gestão tem feito um mapeamento dos serviços necessários para atender os produtores rurais. 

“Já visitamos todo interior do nosso município, analisamos e mapeamos alguns pontos onde há necessidade de ação imediata; visitamos no último sábadoa nossa cascalheira, que está zerada de cascalho, mas vimos os pontos que serão detonados”, relata Cleonice. Ela informa que nos próximos dias acontecerá uma licitação para que o município contrate uma empresa para detonar a cascalheira e destinar pedras aos serviços de cascalhamento das estradas. 

Também para possibilitar os serviços nas vias rurais, tem sido feita a manutenção dos equipamentos rodoviários do pátio de máquinas que apresentavam problemas.  “Eles [equipamentos] estão sendo recuperados e já estão trabalhando, na medida do possível; um atendimento forte está sendo dado aos agricultores, principalmente aos produtores de leite que estão ampliando os seus silos, pois agora é a hora de fazer a silagem do milho, então, esse apoio é primordial aos produtores de leite”, afirma a prefeita.

Quanto às melhorias nas estradas rurais já realizadas, o destaque é para a recuperação do acesso da comunidade de Angaí até a BR 277. “Estava quase intransitável e na primeira semana nós já conseguimos recuperar, colocamos pedra britada e ficou muito bom. A nossa equipe do rodoviário é muito competente e está com muita boa vontade, realizando um trabalho excelente”, elogia Cleonice.

A prefeita de Fernandes Pinheiro comenta que em todas as estradas rurais, desde aquelas mais próximas da sede do município até as mais distantes, há trechos em que é preciso fazer reparos e melhorias. Inicialmente ocorrerá recuperação de pontos críticos, os “atoleiros”, e depois será feito um trabalho mais completo.

Valorização da agricultura

A Prefeitura de Fernandes Pinheiro realizará nos dias 04 e 05 de fevereiro a 1ª AgrifrutFest. A festa será no Parque da Prainha e, segundo Clenice, foi idealizada para promover a valorização da agricultura e incentivar a expansão da produção de ameixa. “O nosso município éextremamente agrícola, com uma diversidade muito grande, e nós temos também uma grande produção de ameixa com apenas dois fruticultores produzindo e queremos estender para diversas propriedades esse programa”, afirma.

Segundo a prefeita, além da ameixa, outros produtos agrícolas deverão ser expostos durante a AgrifrutFest. “Fernandes Pinheiro é o campeão da Amcespar em produtividade de feijão por área, isso é um grande motivo para comemorarmos. Temos também uma grande produtividade de cebolas, temos batatas, temos milho, temos soja, temos vários produtos que merecem destaque; queremos mostrar o que a nossa agricultura tem de bom; é a valorização da nossa agricultura, dos agricultores que movem o município, que é70% é agrícola”. 

Obras

Nessas primeiras semanas de governo, algumas obras foram retomadas e estão em andamento. Já está sendo realizada a pavimentação da via que passa ao lado do Parque da Prainha e segue em direção ao centro da cidade, a avenidaVedolino Neves. Segundo a prefeita também foram concluídas as obras na rua Jorge Kaier e terá início as melhorias na creche. “Nós vamos iniciar agora a ampliação da nossa creche, para que até o final de marco a gente já esteja com o espaço ampliado para melhor atendimento das nossas crianças”, finalizou Cleonice.

Sistemas desatualizados

Em alguns setores da administração, antes de qualquer outra ação, a nova gestão está tendo que se dedicar à atualização de dados em sistemas. A iniciativa é necessária para evitar que o município venha a perder recursos.

“Estamos procurando recuperar e atualizar os nossos sistemas, que estão totalmente desatualizados e defasados na secretaria de agricultura, saúde, mas principalmente na de assistência social, que está com muita falta de dados”, comenta Cleonice.  E ela complementa:“Isso interfere muito para conseguirmos verbas, nós já tivemos que devolver verbas do governo federal, verbas da saúde, por falta de prestação de contas no ano anterior; temos que atualizar, organizar os dados para que a gente possa trabalhar com esses recursos federais trazendo benefícios para a nossa população”.

Texto: Da Redação/Hoje Centro Sul

Fotos: Divulgação

Galeria de Fotos