facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 982
27/01/2017

Política em Questão – Por Letícia Torres e Ciro Ivatiuk

Política em Questão – Por Letícia Torres e Ciro Ivatiuk

Saúde em pauta

Na tarde da última sexta-feira (20), os prefeitos e secretários de saúde da região Centro Sul estiveram em uma reunião com o Ministro da Saúde, Ricardo Barros. O evento foi em Ponta Grossa, no auditório da OAB e teve a participação dos prefeitos de Irati, Jorge Derbli (PSDB); de Teixeira Soares, Lula Thomaz (PSB); de Fernandes Pinheiro Cleonice Schuck (PMDB); de Mallet Moacir Szinvelski (PSC); de Rebouças, Luiz Everaldo Zak (PROS); de Rio Azul, Rodrigo Solda (PSDB); de Prudentópolis Adelmo Klosowski (PSDB). O ministro comentou as iniciativas tomadas durante os primeiros 200 dias de gestão e citou investimentos destinados ao Paraná.

Saúde em pauta II

O prefeito de Irati, Jorge Derbli (PSDB) foi convidado para compor a mesa de autoridades, junto com o Ministro da Saúde. Derbli representou todos os demais prefeitos da Associação dos Municípios do Centro Sul do Paraná, Amcespar. Também falou em nome da região.

“Bate-chapa” é evitado

A disputa pela presidência da Associação dos Municípios do Centro Sul do Paraná, Amcespar, tinha três pretensos candidatos desde outubro de 2016, os prefeitos de Irati, Jorge Derbli; de Inácio Martins, Júnior Benato;e de Rio Azul Rodrigo Solda. Entretanto, no dia 31 de dezembro, tanto Benato como Solda citaram,nos discursos oficiais que fizeram durante suas solenidades de posse, que abririam mão de concorrer e apoiariam Derbli. Mas, como em política tudo pode mudar, isso não se confirmou na segunda-feira, dia 23. Júnior Benato apresentou um plano de trabalho aos demais prefeitos durante a reunião para a escolha do presidente daAmcespar e Derbli, para evitar o “bate-chapa”, cedeu e ficou como vice-presidente.Rodrigo Solda ficou como tesoureiro. Prevaleceu o discurso em prol da união.

Novo presidente

Júnior Benato, que já foi presidente da Amcespar em seu primeiro mandato, demonstrou estar animado para reassumir o cargo e atuar junto ao governo do estado, em busca de melhorias regionais. A seu favor, o novo presidente tem experiência política e boa habilidade de negociação, além do apoio de nomes de peso no governo. 

Aeroporto Afonso Pena é o melhor do Brasil

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, anunciou, nesta terça-feira (24), os resultados da 16ª rodada da Pesquisa Permanente de Satisfação do Passageiro, que avalia o sentimento dos usuários de transporte aéreo nos 15 maiores aeroportos do País. O aeroporto internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais (RMC), foi avaliado como o melhor terminal do Brasil. Satisfeito com o resultado da pesquisa, o governador Beto Richa lembrou que, graças aos investimentos feitos nos últimos anos, o aeroporto dobrou sua capacidade de atendimento. “Com investimentos e obras passamos de sete para 15 milhões de passageiros ao ano”, afirmou.