facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 955 - Já nas bancas!
21/12/2016

Policiais Militares da 8ª CIPM de Irati realizaram um sonho de uma criança que havia pedido apenas uma boina ao Papai Noel uma e uma visita da PMPR

Ela ganhou muito mais ...

Policiais Militares da 8ª CIPM de Irati realizaram um sonho de uma criança que havia pedido apenas uma boina ao Papai Noel uma e uma visita da PMPR

Sara Maria de Oliveira foi surpreendida pela Polícia Militar de Irati na tarde desta terça-feira (20). A garotinha é fã da polícia e enviou uma carta para 8ª Companhia neste mês de dezembro.

“A Sara é uma menina que sempre tem nos visitado na companhia no decorrer do ano e ela mandou uma carta para nós agora no começo de dezembro pedindo uma boina da Polícia Militar, porque ela é a nossa fã número um”, relata o comandante da 8ª CIPM, Major Joas. Ele comenta que os policiais percebem que é verdadeira a admiração dele,  pois todas as vezes em que a garota vai com a mãe no Parque Aquático faz questão de passar na Companhia conversar com os policiais.

Os policiais de todos os municípios que compõem a 8ª CIPM se sensibilizaram com o pequeno pedido da menina e, além da boina, decidiram presenteá-la com uma farda da Polícia Militar e também com cesta de natal, brinquedos e um vídeo game.

“Nós nos sentimos felizes e até emocionados, porque nós estamos conseguindo demonstrar o carinho que nós temos por ela. Assim como ela gosta dos policias, ela acabou nos cativando e nós estamos fazendo essa entrega e essa surpresa, nós nos sensibilizamos, e por isso  acabou tomando essa proporção”, destaca o Major Joas.

Camila de Oliveira, mãe da Sara, conta que a menina sonha em ser Major. “ O sonho dela é ser Major da Polícia Militar, antes ela queria ser Engenheira Civil e agora ela quer ser Major, a admiração dela é muito grande, ela bate continência para todo mundo na rua, se ela encontra um policial ela comprimente”, diz.

A mãe da menina ainda citou um fato peculiar feito pela menina. “Esses dias os policiais estavam fazendo uma blitz e ela acabou com a blitz... Eles estavam sérios fazendo as abordagens e ela saiu correndo e abraçou um dos policiais, então ele olhou o documento, olhou para ela e acabou entregando o documento para a pessoa parada, então é muito amor”.

Camila ainda destaca que esta sentindo o maior orgulho da filha. “Tenho o maior orgulho, sei que são os melhores amigos, as melhores companhias, é um orgulho ver ela de farda”, diz. 

Questionada sobre o motivo de sonhar em ser policial a garotinha contou. “Todo mundo fala mal deles eu gosto muito deles, eles são muito gente boa, eu estou muito feliz, eu não imaginava ganhar tanta coisa assim. Antes eu queria ser Engenheira Civil, ai eu fui ver e vi que a polícia também é legal, então eu resolvi ser quando eu crescer”, finaliza Sara.

 

Texto: Ciro Ivatiuk e Silmara Andrade/Hoje Centro Sul 

Fotos: Ciro Ivaitiuk/Hoje Centro Sul 

Galeria de Fotos