facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1204 - Já nas bancas!
20/03/2020

Preços abusivos de álcool em gel estão sendo investigados

Preços abusivos de álcool em gel estão sendo investigados

Em todo o Paraná, o Procon-PR tem recebido muitas denúncias de preços abusivos de álcool em gel e máscaras de proteção. Por este motivo foi determinada a fiscalização dos estabelecimentos denunciados a fim de evitar prejuízos aos consumidores. Em Irati, foram cinco denúncias registradas.

O secretário da Justiça, Família e Trabalho Ney Leprevost disse que “é preciso que todos os donos de estabelecimentos tenham consciência, responsabilidade social e cidadania e que o momento não é de explorar as pessoas, o momento é de respeitar e ter solidariedade”.

Aos estabelecimentos notificados, foi solicitado que, em um prazo de 48 horas, apresentem a nota fiscal de entrada dos produtos, para que possa ser realizado um comparativo dos preços, a fim de se ter ciência de qual o valor pago na compra e qual o valor praticado na venda. “Com essa nota fiscal vamos fazer um comparativo da documentação e a partir disso constatar se houve algum abuso em relação ao consumidor”, relatou a chefe do Procon-PR, Claudia Silvano.

Caso sejam confirmados os preços abusivos, as empresas poderão até mesmo ter seus alvarás de funcionamento suspensos.

Irati

Os cinco casos registrados em Irati que se enquadram como prática de preços abusivos de álcool em gel devem motivar inquéritos.   

De acordo com Ronaldo Evangelista, coordenador geral do Procon Irati, o Ministério Público já foi comunicado e o mesmo deve instaurar Inquérito Civil Público, a fim de apurar possíveis atos danosos aos consumidores.

Como reclamar

Caso seja observada alguma irregularidade nos preços praticados e ou outras reclamações, pode-se entrar em contato com o Procon de Irati pelos telefones: (42) 3907 3150 (42) 3907 3148. Também por e-mail: procon@irati.pr.gov.br iratiprocon@gmail.com. Também é possível contactar o Procon-PR, que vem atuando em outro âmbito, com denúncias online pelo consumidor.pr.gov.br e pelos telefones 0800-41-1512, ou 3223-1512.

Da Redação/Hoje Centro Sul

Imagem: Arquivo/Hoje Centro Sul

Classificados