facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1163 - Já nas bancas!
22/08/2019

Editorial - Participação popular na segurança pública

Editorial - Participação popular na segurança pública

Em 2016, Teixeira Soares foi um dos alvos de grupos de assaltantes que explodem bancos em busca do dinheiro. No mesmo ano, duas explosões, uma no Banco do Brasil e outra no Itaú, trouxeram prejuízos.

As explosões em bancos em municípios pequenos são ações criminosas que já se espalharam. Os locais possuem pouco efetivo, o que dificulta a sensação de segurança. Por isso, está cada vez mais difícil de instituições financeiras fazerem grandes investimentos em cidades menores.

Para tentar trazer um pouco de segurança a mais, Teixeira Soares empossou na última semana um Conselho Comunitário de Segurança (Conseg), um pedido feito pelas instituições bancárias. Por meio do conselho, a população civil possui uma representação e pode atuar apontando as necessidades que cada município possui dentro da área de segurança. Além disso, por meio do conselho é possível promover ações de segurança e conscientização, e também, conseguir recursos para o investimento na cidade.

A expectativa é que o conselho possa ser um meio de comunicação entre população, gestão municipal e instituições de segurança. Um dos exemplos dessa ponte foi feito no dia da posse, onde foi anunciado que serão instaladas câmeras de monitoramento em Teixeira Soares. O pedido já era antigo, e durante a posse ele foi novamente feito. O prefeito Lula Thomaz se comprometeu a fazer a licitação ainda neste segundo semestre.

Com a obrigação de fazer uma reunião mensal, o conselho terá o desafio de se tornar a voz da população de Teixeira Soares e ressoar aos órgãos públicos as necessidades do cotidiano de todos.

Para isso se concretizar, é necessário que a comunidade abrace o conselho e saiba das atividades que ocorrerão mensalmente. Mas principalmente, participe do processo e atue de forma conjunta.

Uma das formas, por exemplo, que isso pode ser feito é acompanhar o processo de aquisição e instalação das câmeras de segurança, além de verificar como está a manutenção. É por meio do conselho que esse acompanhamento pode ser feito e que medidas podem ser pedidas. Por isso, a participação popular é fundamental em todo o processo do conselho.