facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1171 - Já nas bancas!
08/07/2019

Editorial - Mais oportunidades no município

Editorial - Mais oportunidades no município

Mais um mês de julho chega e as programações dos aniversários dos municípios da região se intensificam. Em Irati, reformas no Centro de Tradições Willy Laars estão finalizando os preparativos para o próximo Rodeio Tradicionalista, que acontece daqui a uma semana.

A expectativa é que o evento cresça e tenha mais participantes que chegam ao município de diferentes estados brasileiros.

Contudo, segundo a prefeitura de Irati, as reformas do CT não são apenas para o rodeio, mas fazem parte de um projeto maior: tornar o espaço um complexo de eventos.

A intenção é que o local possa abrigar grandes eventos, desde exposições, feiras de negócios, feiras agrícolas, eventos culturais, esportivos e religiosos. O objetivo é que o local possa ser usado durante o ano todo, especialmente após a construção do Centro de Eventos que deve ocorrer após o rodeio.

Conseguir transformar um parque de exposições de um município em espaço que tenha atrações durante o ano todo é um desafio para muitos municípios, que investem no ramo de feiras diversas. Em vários lugares, a feira ou exposição é um dos principais eventos do município, e gera bons lucros, tanto para o município, como para os munícipes que participam dela. Entretanto, o local fica marcado pela realização do evento, e é difícil fazer com que o espaço seja utilizado para outros eventos.

Muitos municípios incentivam organizações, como associações comerciais, sindicatos ou entidades, a ocuparem o espaço, e até conseguem fazer pequenas feiras de negócios que podem trazer uma movimentação ao local.

Uma das dificuldades desses municípios é a localização dos parques, que muitas vezes estão fora da zona urbana, trazendo dificuldades de acesso por transporte público. Em Irati, a situação é contrária. O CT está dentro da zona urbana, é um espaço de fácil acesso, localizado em um dos bairros mais populosos da cidade. Também pode ser avaliada a possibilidade de  horários especiais para o transporte público, além do fato de a cidade permitir o deslocamento à pé até o CT a partir de grande número de bairros.

O primeiro passo para tornar o local um centro de eventos é investir na infraestrutura, o que já está sendo feito. Após isso, Poder Público e população precisam convergir na mesma direção. De um lado, o Poder Público investindo no marketing da cidade e mostrando a produtores de evento que há esse espaço. Ao mesmo tempo, a população pode agir de duas formas: indo nos eventos proporcionado e mostrando que há público e do outro, promovendo e ocupando este espaço que é seu, proporcionando mais oportunidades no município.