facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1163 - Já nas bancas!
30/05/2019

Editorial - Bibliotecas são fundamentais

Editorial - Bibliotecas são fundamentais

O estímulo à leitura é algo presente no cotidiano das escolas. Com os pequenos, o mundo de histórias sempre encanta e cativa a cada nova leitura. O estímulo desde cedo é influenciado de diversas formas.

Mas o desafio é manter esse estímulo à medida que a cada criança cresce e fazer da leitura um hábito que pode ser levado à vida adulta.

Para incentivar isso, as bibliotecas se tornam um dos principais lugares onde o encantamento dos livros pode ser descoberto. Revitalizar e tornar esse ambiente aconchegante são alguns dos meios principais para incentivar as crianças e adolescentes irem e investigar tudo o que se encontra guardado nas estantes.

É o que aconteceu recentemente na Escola Municipal Irmã Helena Olek que reinaugurou sua biblioteca, de forma a deixar um espaço adequado para que alunos consigam explorá-lo e descobrirem por si próprios o mundo da leitura.

No entanto, infelizmente, essa não é uma realidade para muitas escolas no país. Parece básico, mas há escolas que simplesmente não possuem uma biblioteca. Um levantamento recente feito pelo Nexo Jornal, baseado em dados do Censo Escolar feito pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), mostra que pouco mais de 50% das escolas públicas e privadas do país possuem uma biblioteca.

E isso que o Paraná se encontra em uma posição privilegiada, já que em comparação com outros estados brasileiros, está em uma região em que mais escolas possuem bibliotecas. Mesmo assim, somente as escolas federais possuem bibliotecas em todas as instituições. Nas estaduais, o índice é o mais alto da região Sul – 91%. Já nas privadas, apenas 72% das escolas possuem bibliotecas. Nas escolas municipais está o menor índice: 47%.

O menor índice nas escolas municipais pode ser explicado porque nele podem estar incluídas as creches. Mesmo assim, essa não pode ser uma desculpa para justificar um índice baixo de bibliotecas em municípios. Isso porque o estímulo à leitura pode vir muito antes do aprendizado do bê-á-bá. É na contação de histórias, com figuras e livros que estimulam a curiosidade, que a criança vai se familiarizando com esse ambiente.

A biblioteca é algo básico que uma escola precisa ter. É nela que é armazenado o conhecimento que é disponibilizado a todos, sem distinção. Na biblioteca, é também o lugar onde a vastidão da imaginação humana e da criatividade pode ser encontrada através da literatura.

Por isso, episódios como da Escola Municipal Irmã Helena Olek são momentos para serem comemorados. Mas também são momentos que podem servir de exemplo de como esse espaço é importante na vivencia escolar.