facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1087 - Já nas bancas!
01/06/2018

Padre iratiense comemora 25 anos de ordenação

O Padre Antonio Royk Sobrinho, da comunidade do Cerro da Ponte Alta, comemorou 25 anos de ordenação com uma bela celebração e um almoço realizado pela comunidade

Padre iratiense comemora 25 anos de ordenação

No dia 20 de maio de 2018, a comunidade do Cerro da Ponte Alta da cidade de Irati, igreja Sagrado Coração de Jesus e Maria, de rito ucraniano católico, esteve em festa para comemorar o Jubileu de Prata de vida sacerdotal do Pe. Antônio Royk Sobrinho, que comemorou 25 anos como sacerdote.

Durante a celebração, que foi celebrada por diversos padres basilianos, entre eles o Superior Geral da Ordem Basiliana, vindo de Roma em missão ao Brasil, e do Monsenhor Mário Spaki, recém nomeado Bispo para a Diocese da Paranavaí, o padre destacou que é necessário fazer algumas coisas para conseguir esse feito. “Celebrar o Jubileu é um fato bíblico e que requer certas características como: ação de graças a Deus; reconciliação com o passado; reafirmação do compromisso assumido e confiança na Providência Divina”, falou.

Participaram da missa muitos fiéis entre os quais grande número de familiares do Pe. Antônio Royk Sobrinho. A missa foi cantada pelo Coral da Catedral Nossa Senhora Imaculada Conceição de Prudentópolis.

O padre recebeu várias homenagens e presentes das crianças, da comunidade e dos familiares, aos quais agradeceu com profunda emoção e concedeu a bênção.

Para celebrar o acontecimento a comunidade preparou um delicioso em homenagem ao sacerdote.

História

Pe. Antônio Royk Sobrinho, e filho de Estanislau Royk e de Anna Krupek Royk, irmão de Terezinha e de Vicente Royk, ele nasceu no dia 14 de maio de 1964, em Rio da Prata, município de Irati.

Em fevereiro de 1977, ingressou no Seminário São José, em Prudentópolis, onde concluiu o curso ginasial no ano de 1980. No dia 10 de fevereiro de 1983 professou os primeiros votos religiosos, em Ivaí.

Fez a profissão solene dos votos religiosos em Irati, aos 12 de março de 1989, consagrando-se a Deus para sempre na Ordem de São Basílio Magno.

Nos anos de 1989 a 1992, cursou a faculdade de teologia no Studium Theologicum, em Curitiba.

Foi ordenado padre pelo mesmo bispo Dom Efraim Basílio Krevey, OSBM, no dia 16 de maio de 1993, na igreja Sagrado Coração de Jesus e Maria, no Cerro da Ponte Alta, município de Irati – PR. Atuou na Paróquia Imaculado Coração de Maria, em Irati e em Ivaí, onde foi professor e assistente espiritual no noviciado das Irmãs Servas de Maria Imaculada.

Nos anos de 1994 a 1995 fez o mestrado em Teologia da Vida Religiosa no Claretianum, pela Universidade Lateranense em Roma.

Em 1996, ainda em Roma, fez especialização em formação vocacional na Universidade Salesiana.

                Foi vigário paroquial na Paróquia Santíssima Trindade, em Campo Mourão,nas Paróquias São Josafat e Nossa Senhora Imaculada Conceição, em Prudentópolis. Em fevereiro de 2016, foi eleito superior da Província São José, dos Padres Basilianos no Brasil, passando a residir na sede provincial em Curitiba – PR.

                Durante os 25 anos de ministério sacerdotal, participou de várias assembleias da Ordem de São Basílio Magno, em Roma e de vários encontros, assembleias e reuniões em vários países da Europa, sempre relacionadas à Ordem de São Basílio Magno, à Igreja Ucraniana e à formação dos seminaristas. Também pregou muitos retiros no Brasil e também no Canadá e na Argentina. Sempre trabalhou como assistente espiritual a várias comunidades de vida consagrada.

Texto: Da redação/Hoje Centro Sul

Fotos: Arquivo pessoal

               

 

Galeria de Fotos