facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1057 - Já nas bancas!
16/05/2018

Irati é polo na região em relação ao atendimento médico às gestantes

Gestantes de Fernandes Pinheiro, Teixeira Soares, Imbituva e Rebouças têm de fazer o parto em Irati; Rio Azul e Mallet enviam as futuras mães para Irati dependendo o grau de risco da gravidez

Irati é polo na região em relação ao atendimento médico às gestantes

Ao longo de nove meses, além do desenvolvimento de um bebê, ocorre o desenvolvimento de sua mãe. Durante esses meses de espera, o cuidado e o zelo para que tudo ocorra da melhor forma durante o parto são essenciais.

Na região, convênios com outras cidades ajudam para que a mãe e o bebê tenham a assistência necessária nesse momento especial. A maioria segue o que preconiza a Rede Mãe Paranaense, um programa do Governo Estadual que visa acompanhar a gestação e os primeiros anos de vida da criança.

Além de realizar consultas, exames e partos das gestantes iratienses, Irati também é referência para os municípios do Consórcio Intermunicipal de Saúde, que enviam suas gestantes, caso necessário . O município é referência para 4ª Regional de Saúde.

Fernandes Pinheiro

Em Fernandes Pinheiro, a maioria das consultas é realizada no munícipio. São dois Programas Saúde da Família (PSFs) que atendem as gestantes: um PSF na Sede, que atende gestantes da zona urbana e da comunidade de Assungui; e um PSF no Angaí, onde são atendidos as gestantes das demais comunidades do interior e os assentamentos. Em cada PSF há uma equipe da Estratégia da Saúde em Família.

Segundo a Secretaria de Saúde, quando há alguma gravidez de risco, os exames e consultas podem ser feitos em Irati, através de convênios, mas também continuam tendo acompanhamento de Fernandes Pinheiro. Outras gestantes também podem fazer exames em Irati, através de convênio.

É em Irati que também os partos são realizados. A Santa Casa possui convênio com o município e recebe as parturientes. O transporte pode ser realizado por conta própria, ou por veículo cedido pela prefeitura de Fernandes Pinheiro. O tipo de veículo enviado dependerá da solicitação realizada por telefone. Em caso de trabalho de parto, por exemplo, é enviada uma ambulância com um profissional para acompanhar a parturiente.

Imbituva

Assim como Fernandes Pinheiro, a maioria das consultas das gestantes em Imbituva é realizada no município, em unidades de saúde, PSFs e em uma unidade no centro. Os exames também são feitos em sua maioria no município. Ultrassom, e outros exames são realizados em Irati, através de convênios.

Os partos também são realizados em Irati. Em caso de gravidez de alto risco, a gestante também é acompanhada em Irati e Imbituva, sendo que ela pode ser transferida para Curitiba, caso a Santa Casa de Irati não tenha alguma especialidade de que se necessite.

Mallet

Em Mallet, as gestantes fazem as consultas de pré-natal em cinco unidades: duas na zona rural e três na zona urbana. As consultas são realizadas de acordo com o lugar de moradia de cada gestante.

Já os exames são divididos. Os exames laboratoriais são realizados em Mallet. Os de imagem são realizados em Irati e Porto União, através de convênios. Em Porto União, é realizada uma ecografia morfológica, oferecida a todas as gestantes pelo município.

As gestantes de risco habitual têm seus partos no hospital São Pedro de Mallet. Em caso de gravidez de risco, o parto é feito em Irati, na Santa Casa.

Rebouças

Em Rebouças, as consultas são realizadas nas unidades de saúde do município. As gestantes precisam se deslocar até Irati apenas quando há exames de imagem, feitos através do Consórcio de Saúde. Em caso de alguma especialidade que não esteja disponível, a gestante pode ser encaminhada para Curitiba.

Assim, como em outros municípios, os partos também são realizados na Santa Casa de Irati. O transporte tanto para os partos, quantos para os exames é oferecido pelo município.

Rio Azul

As consultas são realizadas no município, centralizadas em uma unidade de saúde. Já os exames são feitos em Rio Azul e Irati. Os partos também são divididos: os partos regulares são realizados no hospital em Rio Azul, e os de alto risco, em Irati.

Teixeira Soares

Exames e consultas das gestantes são realizados no município, incluindo a ecografia que é feita já na consulta. O município possui um obstetra contratado que atende cerca de 30 a 35 gestantes por semana. No caso de gravidez de alto risco, assim que diagnosticada, ela é encaminhada ao Consórcio Intermunicipal, que marcará a consulta e dará prosseguimento no atendimento.  Os partos são realizados na Santa Casa de Irati.

Prudentópolis

Em Prudentópolis, as consultas de pré-natal são feitas no município, assim como a maioria dos exames.

Inclusive, a partir deste mês, além dos exames preconizados pela Rede Mãe Paranaense, as gestantes também terão garantidos a possibilidade de realizar o ultrassom morfológico, no 2º trimestre, de forma gratuita.

Os partos acontecem em sua maioria no Hospital Sagrado Coração de Jesus e na Santa Casa de Misericórdia. Partos de alto risco são realizados no hospital São Vicente de Paula, em Guarapuava.

Texto: Karin Franco/Hoje Centro Sul

Foto: Pixabay