facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 1101 - Já nas bancas!
12/04/2018

Dragagem do Rio das Antas, em andamento, terá mais 1.000 horas

Dragagem do Rio das Antas, em andamento, terá mais 1.000 horas

A prefeitura contratou, após processo de licitação, mais 1.000 horas de dragagem do Rio das Antas, que já está em andamento desde o último sábado (07). A nova etapa vem sendo efetuada com uma escavadeira hidráulica e, quando necessário, apoio de equipamentos próprios do município.

O trabalho está evoluindo no sentido Vila Nova, em direção ao Dallegrave, subindo em direção ao centro da cidade. “A ideia é refazer toda a drenagem do Rio das Antas na área urbana. Obviamente precisaremos de mais horas de trabalho, mas todos os procedimentos já efetuados, em andamento, ou previstos em nosso cronograma, visam salvaguardar a população de eventuais alagamentos, sempre preocupantes e motivos de transtornos”, diz o secretário de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo, Dagoberto Waydzik. Há estudos para que este tipo de adequação prossiga até o Bairro Fósforo.

Outras providências amenizaram problemas

Além do serviço em andamento no momento, tanto no Rio das Antas, como Arroio dos Pereiras, outras providências já efetivadas auxiliaram para problemas no centro da cidade fossem amenizados, e para que a água escoasse com mais rapidez.

Em agosto e setembro do ano passado, 3.708 metros do Rio das Antas foram dragados na extensão da ponte no Bairro Vila Nova até o viaduto na BR-277. No período, também o Arroio dos Pereiras recebeu limpeza, que voltou a receber intervenções em vários outros momentos, inclusive na semana passada.

Ainda em 2017, foi providenciado um canal hídrico dentro da propriedade da madeireira Dallegrave, após a rede ferroviária, com tubulações (manilhas) duplas de um metro de diâmetro, que ajudou a amenizar antigas inundações na Rua Marechal Floriano e imediações.

Texto: Assessoria PMI

Foto: Divulgação

Galeria de Fotos