facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 991 - Já nas bancas!
18/08/2017

VIII Fenafep marca o fim de semana na região

VIII Fenafep marca o fim de semana na região

Na última semana, entre os dias entre os dias 10 e 13, a VIII Festa Nacional do Feijão Preto (Fenafep)  foi realizada para comemorar os 111 anos de Prudentópolis e ofereceu diversas atrações a um público de mais de 60 mil pessoas. Destaque para a maior feijoada do mundo,  que é preparada com meia tonelada de feijão e 800 quilos de ingredientes, em uma panela de 12 toneladas.

 Durante os quatro dias da VIII Fenafep, ocorreram palestras voltadas aos agricultores que cultivam feijão preto e fazem do município o maior produtor nacional, encontros de membros de Jeep Clubes e Moto Clubes, corrida rústica, atrações culturais, feira gastronômica e exposição de animais, além de shows nacionais com Jeann&Julio,  Willian e Renan, Amado Batista, Marcos &Belutti e Luan Santana.

No sábado (12), o prefeito de Prudentópolis, Adelmo Klosowski (PSDB) e o vice-prefeito Osnei Stadler (PR) receberam o governador Beto Richa (PSDB), que visitou os estandes dos expositores da festa e acompanhou a finalização do preparo da feijoada na panela gigante. “Está no Guinness Book, por ser a maior feijoada de feijão preto do mundo”, frisou o governador, que também aproveitou para saborear o prato. “Estamos unindo o útil ao agradável, fortalecendo a parceria, ouvindo mais reivindicações do prefeito e das lideranças regionais”, disse.

Richa citou alguns dos investimentos que estão sendo realizados em Prudentópolis. “Há uma parceria muito positiva em favor da cidade. Temos grandes investimentos em infraestrutura urbana, infraestrutura viária, escolas, os pontos turísticos da cidade, o mirante do Salto São João e também o caminho até lá, está ficando muito bonito e vai atrair ainda mais turistas para o município. Isso significa mais riqueza e também mais oportunidade de trabalho para a população”, comentou.

O prefeito Adelmo Klosowski enfatiza a importância dos empregos que serão criados graças aos investimentos em turismo. “Nós não vamos medir esforços para a questão do emprego, mas também, que venham indústrias e fábricas que não sejam poluidoras do meio ambiente, porque o principal, em curto prazo, que nós vamos ter aqui é o turismo, é uma indústria sem chaminé e um dinheiro que entra sem poluição, nós vamos ter que trabalhar forte nessa questão do turismo”, afirmou.

Ele ainda comentou que uma faculdade, uma fábrica de calçados e uma indústria já existente no município têm colaborado para a ampliação do número de vagas de emprego. As três empresas participaram da VIII Fenafep, com estandes na festa.

Recursos estaduais e federais que têm assegurado obras diversas e novos investimentos no município também foram citados pelo prefeito. “Temos feito um trabalho político para resgatar os investimentos para Prudentopólis e a vinda do governador coroa o evento [a Fenafep] e abre mais as portas do município para novos investimentos”, afirmou.

Presentes

Várias autoridades prestigiaram a VIII Fenafep.  O diretor-presidente da Sanepar Mounir Chaowiche, o secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano Ratinho Junior, o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística Pepe Richa, o secretário de Estado da Agricultura Norberto Ortigara, o presidente da Associação dos Municípios do Centro Sul do Paraná (Amcespar), prefeito de Inácio Martins, Júnior Benato (PSD), o vice-presidente da Amcespar Jorge Derbli, além de outros prefeitos, vereadores e secretários da região.  Ainda, deputados estaduais e federais, dentre eles, Leandre Dal Ponte (PV), Luciano Ducci (PSB), Evandro Roman (PSD), e Márcio Pauliki (PDT).

 

BOX

Richa fala sobre a estrada Irati São Mateus

Durante sua visita a Prudentópolis, o governador Beto Richa conversou com a imprensa regional. Um dos temas abordados foi o andamento do projeto de pavimentação dos 47,7 quilômetros da PR-364, entre Irati e São Mateus do Sul.

“A burocracia é grande, mas já está na reta final. Estivemos conversando recentemente com a secretária Ana Paula Vescosvi, da Secretaria do Tesouro Nacional, que assegurou que o Paraná será um dos poucos estados do Brasil que vai receber o aval para operações de crédito internacionais, porque nós fizemos a lição de casa e grande parte dos estados não fizeram”, comenta o governador.

Ele relata que o Paraná tem uma posição privilegiada no aspecto fiscal, pois a avaliação do estado subiu de C para B, o que atesta condições econômicas para o pagamento do empréstimo de US$ 435 milhões junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O  empréstimo garantirá várias obras de infraestrutura, dentre elas a pavimentação entre Irati e São Mateus, orçada em R$ 140 milhões.  

“Em breve, acredito que nas próximas semanas, nós teremos a liberação e vamos poder anunciar para toda a região esta obra aguardada há muito tempo, que é a ligação Irati a São Mateus, que beneficia toda região”, afirmou Richa.

Erasto em Irati

Outro questionamento feito ao governador foi sobre a demora do início do funcionamento da Unidade Avançada do Hospital Erasto Gaertner em Irati, devido a questões burocráticas. “Eu não sabia que estava parado. Vamos tentar interceder para garantir este importante serviço para a região”, ressaltou Richa.