facebooktwitterinstagramgoogle+
Edição 982
16/06/2017

Recadastramento biométrico dos eleitores de Irati e Inácio Martins começa dia 19

Fórum Eleitoral da Comarca de Irati se prepara para o atendimento aos eleitores, que incluirá novo cadastro, coleta da digital e foto. Toda a estrutura está sendo reorganizada e o número de funcionários ampliado

Recadastramento biométrico dos eleitores de Irati e Inácio Martins começa dia 19

A partir da próxima segunda-feira (19) inicia o recadastramento biométrico para os eleitores de Irati e Inácio Martins no Fórum Eleitoral da Comarca de Irati. O recadastramento é obrigatório para todos os eleitores e quem não fizer terá o título de eleitor cancelado. O prazo final é 15 de dezembro.

Para atender a população foi montada uma nova estrutura no local na última semana, com a aquisição de mais guichês e cadeiras. Ao todo, serão oito guichês que atenderão o público, além da ampliação da sala de espera.

A equipe que fará o recadastramento também deverá aumentar já que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) irá contratar. Segundo a chefe do Cartório Eleitoral, Daisy ClerFilla de Oliveira, serão contratados no mínimo mais oito atendentes, além de estagiários que serão cedidos. “A prefeitura de Irati vai colaborar com alguns estagiários e algumas estruturas, como a instalação de tendas e cadeiras”, conta. Os novos funcionários já devem iniciar na próxima semana.

A forma de atendimento deverá mudar. De acordo com a chefe do Cartório Eleitoral, o modelo será parecido com o que é feito em Castro. “A gente foi para Castro conhecer o modelo de atendimento deles porque eles são um pólo grande como Irati é. Então Irati tem mais de 50 mil eleitores e Castro também. Fomos ver como estão fazendo o atendimento lá para que a gente possa fazer aqui e ser eficiente como está sendo o atendimento deles”, relata.

O atendimento funcionará da seguinte forma: primeiro ocorrerá uma triagem,em queo eleitor irá passar as informações e fazer a assinatura. Nesta etapa, também será verificado se ele tem alguma pendência. Em caso de multa, a guia será expedida nesta triagem. Após esta etapa, ele será encaminhado para outro atendente que irá tirar a foto e coletar as digitais. “Vai ser chamado o eleitor, será feito o cadastro e a assinatura e a parte das digitais e da foto será feito por outro atendente”, explica Daisy.

A expectativa é de que com esse novo modelo o tempo de atendimento seja de 10 minutos, em média.No entanto, a chefe do Cartório Eleitoral alerta que, dependendo da quantidade de pessoas que aguardando, o tempo para ser atendido poderá ser de 30 minutos ou mais. Para que o atendimento seja confortável para todos, o TRE estipulou um número de atendimentos por dia. “Há metas diárias a serem cumpridas, estipuladas pelo TRE. A gente tem uma meta de 450 atendimentos diários para conseguirmos revisar todos os nossos eleitores. É uma meta bastante alta”, destaca. Atualmente, o Fórum Eleitoral realiza de 80 a 100 atendimentos por dia.

Por isso, ela frisa que quem for até o local precisará de um pouco de paciência e deverá se planejar quanto ao tempo, até mesmo para quem fizer o agendamento online – depois do dia 19 será possível, através do site do Tribunal Regional Eleitoral, marcar um horário para ser atendido. “Não deixar para última hora. É preciso que o eleitor tenha paciência, porque se cancelar o título tem as penas recorrentes. Não poderá votar, não poderá tirar certidão de quitação, tirar passaporte, prestar concurso público”. Além disso, a chefe do Cartório Eleitoral alerta que podem haver complicações quando o cidadão  precisar acessar outros órgãos, como a Receita Federal, por exemplo.

Deslocamento

Em relação ao deslocamento de pessoas do interior para realizar o recadastramento, Daisy explica que por enquanto não foram definidas linhas de transporte público. “Inicialmente os eleitores terão que se dirigir ao cartório eleitoral. Se não houver essa possibilidade, eles entram em contato com o Cartório Eleitoral, para gente comunicar com a prefeitura para ver sobre o transporte público”, explica.

Problemas com digitais

De acordo com a chefe do Cartório Eleitoral, as pessoas que possuem problemas com a detecção de digitais poderão terdificuldades na hora do recadastramento. “Tem alguns que não conseguem pegar todos os dedos, mas os principais que seriam o polegar e o indicador, temos feito o maior esforço para coletar porque disso também depende a nossa eleição”, destaca.

As pessoas que fizeram o recadastramento e tiveram problemas, poderão ter outras formas de identificação na hora do voto. “A gente já está visualizando este fato e orientando o eleitor, se houver problema na coleta de um dos dedos, que ele fique ciente que não adianta fornecer para o mesário que não vai pegar. Então, o mesário na hora que for identificar na urna,se não pegar algumas vezes pelas digitais, ele vai ter outros meios. Vai apresentar algum documento de identificação, vai responder algum questionamento que tenha ali com o mesário. Então haverá outras formas de identificação desses eleitores”, conta.

Fraudes

Um dos objetivos com o recadastramento biométrico é dificultar a ocorrência de fraude nas eleições. “Por mais que nossos mesários sejam treinados e capacitados, na hora da identificação do eleitor a pessoa chega com o título e um documento que nem sempre é atualizado, faz uma assinatura que o mesário não pode identificar. Então nessa hora que colocar o dedo vai ter certeza que é a pessoa mesmo, a máquina vai identificar”, disse Daisy.

Recadastramento Biométrico

Quem deve fazer? Todos os eleitores deverão fazer. Para eleitores de Irati e Inácio Martins o prazo inicia no dia 19 de junho e termina no dia 15 de dezembro.Quem tem mais de 70 anos, maiores de 16, que ainda não completaram 18 anos também podem fazer.

O que levar? É preciso levar um documento com foto e um comprovante de residência.

Onde fazer? O recadastramento biométrico é feito no Fórum Eleitoral de Irati, localizado na Avenida Perimetral João Stoklos em Irati.

Qual horário? Em Irati, o horário de atendimento será das 9h às 18h, sem intervalo para almoço. É possível também realizar o agendamento online, feito direto no site TRE, que estará liberado a partir do dia 19. Quem optar pelo agendamento online terá preferência no atendimento.

Texto: Karin Franco e Jaqueline Lopes/Hoje Centro Sul

Fotos: Karin Franco/Hoje Centro Sul

Galeria de Fotos